29/04/2010

Calma ai!





Normalmente equilibro as tarefas diárias e lazer, só que nessas últimas semanas as 24 horas têm sido insuficientes pra resolver e fazer tudo o que preciso
O resultado disso, é que ando meio agitada e quando consigo parar um pouquinho quero ler algo que me deixe relaxada, reconfortada, dar um passeio sem compromisso de hora e lugar ou assistir um filme divertido e inteligente.
E  graças a uma arrumação que precisei fazer para dedetizar o apartamento, descobri algumas revistas Bons Fluídos que guardei há muito tempo.
Durante alguns anos acompanhei todas as reportagens, dicas e sugestões e mesmo agora passados tantos anos, os temas podem ser aplicados em nosso dia a dia.
Veja o que encontrei:
Março 2001
Numa entrevista com médico e escritor Deepak Chopra


"Um dos  fatores positivos deste tempo é a nutrição. Pois, hoje, temos alimentos de melhor qualidade e muitos suplementos alimentares. Basta escolher certo entre tantas opções. Porém acho que o mais importante é manter a flexibilidade. Esse é o segredo da eterna juventude. Abrir mão de certas posturas, desapegar-se, confiar em si e nos outros e amar incondicionalmente são atitudes infalíveis para aproveitar bem o tempo e manter o bem-estar."

Maio de 2002
Entrevista com o pensador holandês Robert Happé

"O amor é a melhor maneira de abandonar nossos padrões habituais, baseados no medo, na insegurança e no egoísmo. É esse sentimento que nos dá confiança, abertura e liberdade, qualidades nascidas do sentimento de integração e unidade entre todos os seres. E cada medo superado nos prepara para níveis ainda mais elevados de consciência e compreensão"

"O medo é uma energia que leva as pessoas a atuar de maneira não amorosa. Quando estamos sob a ação do medo, é como se as nuvens encobrissem nossa visão, turvando nossas perspectivas e nosso senso de direção"

E ele ainda sugere "Experimente amar sem ser amado. O amor é incondicional. O sentimento que a maioria dos casais vive não é amor, é troca de interesses. Isso acontece quando estamos centrados no ego. Temos medo de amar. Fazer meditação nos ajuda a ver como os medos são ilusórios"


 

Setembro de 2002
12 Segredos Simples da Felicidade, de Glenn Van Ekeren

"A paz nos relacionamentos é um dos fatores determinantes da felicidade.
E lidar bem com o amor, os filhos, a família e os colegas de trabalho é um desafio diário, que nos convida a por em prática nossos melhores valores."
Das dicas que ele dá, selecionei o que considero mais importante:
Generosidade "Não posso afirmar que todas as pessoas felizes sejam generosas, mas estou convencido de que todas as generosas são felizes. Lembre-se apenas de que você não precisa ser feliz para ser generoso, mas sua generosidade trará felicidade - para os outros e para você. Doe-se sem esperar nada em troca."



5 comentários:

Taís disse...

Oiiii!!! Puxa, muito bom reencontrar vc aqui.
Essas todas são ótimas dicas de como viver uma vida serena. A gente até sabe, né, mas nunca se lembra de colocar em prática. É bom ler e relembrar de vez em quando mesmo.
Apareça sempre lá pelo Scene, fiquei muito feliz com a sua visita.
Bjos

Claudia disse...

Pois é Taís, achei que vc tinha desistido de blogar e por acaso te reencontrei.
Claro que vou aparecer sempre por lá.
Vc também é muito bem-vinda aqui.
bjs

Ana, Aprendiz de Anjo disse...

Oi Claudia, por muito tempo afanei, rs revistas antiga no consultório do meu ortodontista... levava sempre uma nova e trocava por uma antiga. Uma vez consegui uma do ano em que nasci, foi super legal ler. Beijos, fique com Deus.

Gisa disse...

Eu sempre achei que dar traz mais alegrias do que receber; mas, em certas situações, reciprocidade de sentimentos faz falta. Tem um selinho para ti lá no blog. Beijos

Claudia disse...

Ana,
Que alegria te ver por aqui. Senti sua falta.

Pois é, essas revistas me fizeram muito bem. As reportagens são bem atuais.
bj

Gisa,
Ser correspondido no amor, na amizade é tudo que pleitiamos, é o melhor dos mundos, só não podemos pautar uma relação com esse objetivo e perdermos a identidade.

Vou buscar meu selinho sim!
Obrigada.
bjs