16/07/2010

E eu disse adeus...



Faz mais de 15 anos que nos vimos pela primeira vez.
E hoje tivemos que nos despedir.
Não sei se é mais fácil para outras pessoas, só sei que pra mim é sempre muito difícil lidar com a perda.

Não tenho muito o que falar nessa hora mas queria registrar aqui que o Alemão foi especial até nesse último momento.
Quando o Júnior e o Tigre passaram por esse mesmo período, ficavam escondidos embaixo de uma mesa, dentro do banheiro, lugares onde não ficávamos com frequência.
O Alemão ao contrário, escolheu a varanda como seu último refúgio e preferiu ficar perto de todos.
Quando no final da tarde eu o trazia para dentro de casa e o colocava no sofá, cada vez que eu passava pela sala, ele miava me chamando, esticando a cabeça pra poder me olhar.
Quando eu sentava no sofá ao lado dele, escorregava a cabeça para o meu colo e ficávamos assim, ele quietinho e eu fazendo carinho.

Nesses anos todos ele dormia ao meu lado na cama.
Era guloso e sempre me pedia pra colocar sua comida quando chegava a hora.
Gatão assustado, corria de todos quando não conhecia e aos poucos ia se chegando até não se incomodar mais com a presença deles.
Foi muito respeitado pela Jean e o Rock.
Até hoje o Rock sempre que podia queria dormir com ele.

Uma amiga sabendo de tudo isso que estava acontecendo disse que achava que nunca teria um "bichinho" desses porque não suportaria a perda.
Respondi que por mais dolorido que seja a despedida, valeu a pena todos os anos de convivência, aprendizado e sentimento tão bonito.

14 comentários:

Paulo Tamburro disse...

E TANTO FILHO DA PUTA HUMANO CONTINUA VIVO, NÉ.

DESCULPE.

Elaine Gaspareto disse...

Cláudia,
Sei que dói, mas concordo com você: o medo da perda não pode nos privar da alegria de amar e ser amado por um serzinho desses.
Fica bem, querida.
Ah, concordo com o comentário acima...
Beijos

Gisa disse...

Oi querida, sinto tanto... Para mim também não é fácil conviver com as perdas; mas se elas doem é exatamente porque aquela vidinha nos foi tão especial e nos fez muito felizes. Tens toda razão: de que adianta uma vida vazia e sem amor? Recebe um abraço apertado e todo meu carinho.

Gata Lili disse...

Oh Claudinha, fica bem. Ele está aí com você, mesmo em outro plano, eles não te deixaram. Eu também as vezes vejo meus gatos aqui já grandes e fico me imaginando como será? Eu já começo a chorar desde então. E aqui também. Esse seu post me fez chorar muito, porque sei como é perder um ente querido assim que para nós, muitas vezes é muit mais importante do que muitas pessoas por aí deste mundo egoísta e sem amor no coração. Meus pesames minha amiga...fica com Deus. A gente tá aqui, todas as suas amigateiras para te dar colo, uma palavra, um carinho, um ombro!! Um grande beijo. E sua filha, como reage?

Claudia disse...

Paulo, Elaine e Gisa

Obrigada pelos comentários carinhosos.
Estamos bem e já com saudades do Gatão. Ele vai fazer muita falta.

Lili,
Passado um tempo que o Tigre tinha morrido minha filha me perguntou como seria se isso acontecesse com o Alemão.
Ele sempre foi muito grudado em mim, nos entendíamos muito bem, tanto que dormia no meu braço todas as noites.
Falei pra ela que a perda dele seria a mais sentida, justamente por toda essa sintonia.
Mas vê-lo tão debilitado e imaginar que ele poderia estar sofrendo mais do que aparentava me fez decidir que era melhor ele partir.

Ontem antes de levarmos o Alemão, minha filha tocou uma música especialmente pra ele e tenho certeza que ele adorou.

Robson Pit disse...

Snif...
Amar até o ultimo momento é o q importa.
A dor da perda é bem menor q os anos de amor compartilhado.

Nick disse...

Os momentos serão sempre lembrados com saudade.
Mamãe também sente muita saudade do Lourinho. Doeu muito qdo ele foi.
Hoje, Mamãe olha para mim e diz que me ama muito e que a saudade de Lourinho trouxe eu para ela.
E que Lourinho é uma estrelinha no céu e eu sou o neném dela aqui na Terra, um presente do Papai do Céu para ela.
E se Papai do Cèu me trouxe é porque confia nela para tomar conta de mim enquanto eu estiver aqui.
E foi assim com o seu Alemão. Deus deve estar muito feliz porque vc cuidou dele enqto ele esteve aqui.
Mamãe enche os olhos de lágrimas qdo escreve isto, mas são lágrimas de Obrigado Deus.
Hoje, Alemão, a estrelinha que brilha no céu junto com os outros gatinhos felizes.

Mamãe e Gato Nick

Nice disse...

Claudia,
ainda hoje, no meu coração repousam os gatinhos que passaram por minha vida...o último, Pooky, era amarelo também...lindo, meigo...partiu depois de muito sofrimento. Deixou um buraco...mas no tempo em que esteve comigo, deu o mais importante: amor.
Sei que ele está lá na ponte do arco-iris...provavelmente brincando com o Alemão.

Beijo grande.

Andrea Sassaki disse...

Ai Claudinha.....até hoje eu sofro pelas perdas que eu tive.
Mas tenho certeza que ele estará sempre contigo.
Força, amiga e sabe que eu tô aqui, tá?
Um abraço super forte!

Prosopopéias Cintilantes disse...

Ah! Claudia, que triste!
Não estou nem acreditando!
A gente se apega tanto e eles, que chega a acreditar que eles são eternos.
Sinto muito mesmo!
Um beijo,
Stela

Felina disse...

poxa Claudia sinto tanto por tua perda, mas sempre digo que os animais são tão especiais que a vida deles é mais curta que a nossa pq eles nos ensinam o sentimento da perda, um beijo bem grande e fiquem bem.

Ana, Aprendiz de Anjo disse...

Oi Claudia, sei como você deve estar, estou em compasso de espera com a Peta e doi muito não poder fazer nada. Mas assim como você acredito que tudo vale a pena pelo amor que demos e recebemos. Beijos, fique com Deus, logo minha Pepê vai estar brincando com seu Alemão esperando pelo dia em que a gente vai revê-los.

Wayne e Rodrigo disse...

Oi Claudia, não conhecia seu blog, gostei muuuito, parabéns! Espero que o Alemão agora esteja bem, ele era lindo e vai ficar pra sempre guardado na memória de todos vocês, fiquei muuuito emocionada com toda a história, não sinta-se culpada, você fez o melhor que pode por todos eles....sinto muuuito e sei bem como é perder um bichinho amado, mas é que vc falou, a perda dói, mas tudo vale a pena, eles são especiais, cada um com seu gesto, carinho e olhar....meus pêsames...bjinhu e já estou te seguindo...

Claudia disse...

Obrigada a todos que tão carinhosamente deixaram seus recados aqui.
bjs e uma ótima semana!