22/10/2012

Gatinhos...Gatinhos...

                                         Esses são o cinco, quatro e dois (no sentido horário)

Sexta-feira era o dia ansiosamente aguardado: os gatinhos enfim, estavam liberados para serem agarrados, amassados, e tudo o mais que imaginamos durante todos esses dias de espera.
Mas foi tão frustrante...
Não combinamos com a Fafá que seria assim. rs!
Ela fica muito aflita quando tiramos os pequenos de seu esconderijo.
Trouxemos a caixa com os filhotes para a sala e ela queria levá-los de volta, pegou um com a boca e determinada, seguiu para o banheirinho.
Frustrações a parte, a Fafá está certíssima, eles não são brinquedos e ainda são muito frágeis.
Respeitamos a decisão dela totalmente.
Até pra tirar fotos fica difícil.
A Fafá é boa mãe e incansável em relação aos filhos.
No sábado estava vendo um filme, aguardando minha filha chegar, já era tarde da noite quando ela chegou na sala e a chamei pra ficar perto.
Deitou comigo no sofá e dormiu exausta. Tadinha.
Ela nos faz companhia a noite, seja na sala ou na cozinha mas nunca por muito tempo, logo volta pra ficar perto dos bebês.

Ainda na sexta-feira colocamos o Revolution (para pulgas) porque os gatinhos estavam com pulga e óbvio, ela também.
Confesso que na consulta com a veterinária nem me lembrei de perguntar se poderia colocar remédio, a urgência era outra.

A Jean e a Fafá continuam tipo, sol e lua: quando uma aparece a outra está longe.
Os ataques da Fafá na Jean não diminuiram nem um pouco, ao contrário, agora mesmo se tem um humano perto a Fafá ataca sem dó.
O jeito foi fazer o revezamento de gata. Falo assim brincando mas fico muito triste por essa situação.
Gosto das duas, sei que cada uma têm seus motivos para não querer a companhia da outra, mas...tô aguardando o tempo, esperar os filhotes crescerem mais.




5 comentários:

eva disse...

Os filhotes são lindos. E no começo a boa mamãe gata deve mesmo ficar preocupada com seus bbs. Sei que deve ser chato as duas ainda não se darem, a gente acaba ficando triste.
beijos

Karina disse...

Não aguento ver esses bebezicos. São muito fofos! Que triste que a Jean e a Fafá não se entenderam...
Beijos

Blog da Pink disse...

Tão fofinhos! Aqui as gatas não tiveram chance, a Júlia era pequena e pegava toda hora os filhotes, elas se conformavam e ficavam o dia inteiro carregando os bebês para longe dela!
A Fafá é uma mãe muito cuidadosa e sabe que tem outra gatinha por perto então é melhor deixar os gatinhos no seu cantinho mesmo. Mas logo eles vão querer explorar todo o apto sozinhos e daí só quero ver a reação da mamãe!
Acho que a Fafá e a Jean não vão ser amigas mesmo mas dá pra viver cada uma no seu canto como era aqui em casa com a Rutha!
Ótima semana pra vocês!
Beijos
Laís

Marilia disse...

Fica tranquila. Vai dar certo com todo esse carinho e cuidado com as meninas!!!
OS bebês são muito fofos né?
Um grande beijo

Milene Widholzer disse...

Os filhotes são tão mimosinhos, deve dar uma vontade louca de afofar...
Entendo tua tristeza em ver a briga de Fafá e Jean. A natureza tem seu próprio curso e velocidade e, infelizmente, nem sempre são velozes ou do jeitinho que gostaríamos Torço muito para que o stress da Fafá diminua e ela e Jean possam se entender.

Beijos e boa afofadas de gatinhos lindos :)))))