17/11/2011

Desabafo



Tempos estranhos estamos vivendo.
Tempos ansiosos, corridos e pouco proveitosos.
O importante é o que virá, o depois.
O agora já foi e nem nos importamos em comemorá-lo, precisamos pensar no próximo passo.
Jogos vitoriosos de todas as espécies são diminuídos de seu valor, porque já aconteceu, ainda que tenham sido brilhantes e únicos, não têm mais importância, é hora de pensar na próxima partida.
Estou cansada disso tudo.
Quero comemorar cada conquista, seja ela grandiosa ou não, quero comemorar também o não conquistado.
Não preciso ser o meu melhor, não quero me superar dia a dia, quero ficar feliz  confortável com que sou e como sou.
Não preciso saber o tempo todo dos meus defeitos nem das qualidades.
Quero usufruir da inconsciência da minha essência e simplesmente ser.

6 comentários:

Gatos da minha vida: Lola, Lilica, Smigol e Preta disse...

Booa, amei!;-)

Repositório disse...

=)

Gisa disse...

Amiga, nesta época do ano sinto-me normalmente exausta: física e emocionalmente. O cansaço costuma me deixar mais amarga, impaciente, deprimida, ou seja, uma série de sentimentos negativos que procuro afastar, pois nada acrescentam, muito pelo contrário... Em tais momentos procuro lembrar de tudo de bom que tenho motivos para comemorar e agradecer. A vida é feita mesmo de pequenos momentos, atos, acontecimentos, não é? Beijos

Claudia disse...

Gisa,
Também não consigo ficar de baixo astral por muito tempo, minha essêncial é muito otimista mas isso não quer dizer que acho que tudo está bom.
É um grande esforço e ainda bem que tenho como dividir com criaturas, humanas, felinas e virtuais, que permitem que o fardo fique bem menos pesado.
bjs

Silvia disse...

Que lindo desabafo... foi muito bom passar por aqui e ler :)
compartilho de seu pensamento, de nada vale ficar se julgando o tempo todo, deixando de lado o que realmente importa!
bjocas!!!

Claudia disse...

Silvia,
A gente se cobra muito, vive estressada e muitas vezes por nossa própria conta. Xó, tô fora!
Quero paz.
bjs e obrigada por compartilhar