12/07/2011

Amar um gato é...



Depois que um gato faz parte de nossa vida, nunca mais seremos os mesmos.
Na minha experiência só tenho coisas boas para relatar.
A convivência com ser tão gracioso, engraçado, animado, determinado, metódico e outras tantas características, só acrescentou e fez minha vida ficar melhor e mais relaxada.

Acho estranho quem fala sozinho, não tenho esse costume de discutir assuntos comigo mesmo, no entanto, desde que tenho gatos, falo com eles o tempo todo; a vizinhança deve achar que muitas outras pessoas habitam a minha casa, além do marido e filha.
E sei que nos entendemos muito bem. Com o passar do tempo sabemos o que eles estão expressando, seja com o olhar, com um tipo de miado e sei que os gatos também compreendem quando me comunico com eles.
Existem ainda outras vantagens, por exemplo quando estamos impacientes ou agitados, basta olhar o bichano no seu ritual de limpeza,  ele lambe o pelo calmamente em toda a sua extensão. Tudo tranquilamente, sem pressa...
Ou se divertir quando eles se encantam por uma bolinha de papel, um barbante ou mesmo a sombra de folhas se mexendo.
Nesse momento percebemos que a vida é simples, que não há por que se preocupar, que tudo vai dar certo.

Partilhar a vida com um felino é também nunca mais varrer sem que ele brinque com a vassoura, ou com o lixo acumulado; estender um lençol sem que o gato não corra pra debaixo antes que o tecido encoste no colchão. Também não teremos mais autonomia pra acordarmos na hora que escolhemos, porque ele irá te chamar assim que achar necessário, com muito carinho, as vezes com mordidinhas, depende da urgência do momento.



Não bastassem todas essas vantagens, descobrimos que outros humanos espalhados pelo mundo todo, assim como nós, se deixaram encantar por seres tão especiais.
Com essas pessoas teremos assunto por muito horas, dias, anos...
Não nos cansamos de admirá-los, de sermos seus súditos, de atendê-los e ficarmos gratos por isso, porque eles nos conquistaram para sempre!

11 comentários:

Ana, Aprendiz de Anjo disse...

Pura verdade Claudia! Quer coisa mais gostosa que acordar com dor no corpo porque dormiu toda torta só pra deixá-los confortáveis na cama... Beijos

Claudia disse...

Hehehe...é verdade! Ana,
Obrigada pela visita.
bj

Anônimo disse...

Eles são apaixonantes!
É a graça no andar, ao se limpar; as brincadeiras mesmo depois de adultos, o gato sabe viver a vida.
beijo

Felina

@dicasfelina
dicasfelina@hotmail.com

Gisa disse...

Ah amiga, é exatamente tudo isto que disseste; depois que nos apaixonamos por eles nossa vida nunca mais é a mesma. E que coisa mais linda o olhar dos gatos, como estes dos teus lindos nenês nas fotos que ilustram o post! Como bem completaste o post: gatos aproximam; graças a ele te conheci e isto foi bom demais! Abração bem grande para todos vocês

Taís disse...

Tem coisa mais gostosa do que eles virem a nosso encontro, e ficarem passando a cabecinha nas nossas pernas, depois de um longo dia de trabalho? Como se dissessem: senti muito tua falta.
São lindos
Bjos

Claudia disse...

Gisa e Tais,
Vocês sabem e entendem tudo o que quis transmitir nesse post.
Apaixonadas por gatos!
bjs

Repositório disse...

Ai que lindo!!!! Amei muito este post!!!! Chuifes!

Repositório disse...

Ai que lindo!!!! Amei muito este post!!!! Chuifes!

Claudia disse...

Marilia,
Obrigada!
bjs

Prosopopéias Cintilantes disse...

Oi, Claudia!
É verdade, ter gatos é tão bom! Pena que nem todas as pessoas entendem. Mas ainda bem que existem pessoas, assim como você, para espalhar essa felicidade pelo mundo!
Beijos para todos
Stela e Petetecos

Silvia disse...

Pois é Cláudia... a vida muda muito. Todos os dias chego em casa e tenho que limpar alguma coisa, o Gudo faz xixi fora do lugar, a Lina pisa nas plantas e sai carimbando a casa, a Jade derruba tudo o que encontra. Mas não há o que tire o amor por estes peludos... o preço é justo, vale a pena :)
Bjooo!!!
*ainda amo blog como meio de comunicação... não dou conta de tantas redes sociais :O