17/06/2010

Passei o maior sufoco!


De repente,  quase duas horas da madrugada, ouvimos alguém gritando por socorro no corredor do prédio.
O marido levanta correndo e abre a porta da frente pra ver o que estava acontecendo; eu ainda meio dormindo, também saio da cama assustada e vou em direção a porta.
Incêndio no apartamento próximo ao meu.
Logo outros moradores vão chegando para ajudar, para entender o que ocorria.
A mangueira está trancada com cadeado, é preciso quebrar o vidro para acionar a água.
Depois, para desespero de todos, descobrimos que o registro está fechado porque havia um vazamento no nosso andar.
Pânico total!
Os bombeiros já foram chamados, dava para ouvir as sirenes dos carros chegando, a tarefa agora é evacuar o prédio.
Preciso pegar os 4 animais que estão muito assustados e descer com todos pela escada.
A minha filha leva a Jean, ela vai no colo mesmo porque se recusou a entrar na caixa de transporte.
O Alemão entra sem criar problemas e o Rock vai agarrado no meu peito.
O Spike está no colo do meu marido, porque além dele ainda não está recuperado da crise de hérnia de disco, muitas pessoas descem pelas escada e o cão de pernas curtas não consegue andar rápido.
Chegamos finalmente na portaria do prédio.
A grande maioria dos moradores está lá e de pijama.
Essa cena eu nunca imaginei viver um dia.
Percebo, ainda meio assustada com tudo que aconteceu, que somos os únicos com quatro animais.
É um festival de cachorros. Muitos latindo ao mesmo tempo, o Spike querendo brigar com todos.
A Jean e o Alemão compartilham a mesma caixa de transporte e ficam imóveis dentro dela.
O Rock, bem o Rock, estava com minha filha e todos os adolescente do prédio e virou o xodó, o mascote da garotada. Passava de mão em mão e parecia estar gostando de toda atenção que recebeu, acho que nem lembrava que havia saído de casa com muita fumaça.
Pra história não ficar muito comprida, no final ficou tudo bem, ninguém se machucou e o prejuízo foi mesmo da moradora do apartamento onde o fogo começou.
O corredor ficou cheirando a fumaça por mais de uma semana e meu apartamento, uns seis dias.
Espero não passar por isso nunca mais na vida e desejo o mesmo para todos.
Muitas pessoas foram solidárias com a vizinha que ficou sem ter onde morar de repente. Ela e o filho foram acolhidos nos primeiros dias e hoje estão morando em outro apartamento, num prédio no mesmo bairro.
Espero que ela se recupere, em todos os sentidos, rapidamente.

Só consegui escrever sobre o incêndio agora tudo ficou ainda muito vivo por vários dias mas sempre que conto para alguém como tudo aconteceu, dou risada principalmente do momento em que constato que sou a única moradora com três gatos e um cachorro e que no desfile de pijama eu era a mais elegante.
Sem falsa modéstia, arrasei!

7 comentários:

Prosopopéias Cintilantes disse...

Caramba! Que susto!
Imagino como deve ter sido na hora. Não, nem imagino! Nunca passei por nada parecido! Ainda bem que ninguém se machucou!
Vi a foto do caçula, ele está lindinho demais!!!!
Beijos para todos!
Stela e Petetcos

Gisa disse...

Realmente, nunca vivi situação sequer parecida e espero que nunca aconteça! Felizmente ninguém se machucou e agora pode ser motivo para boas risadas. Espero que dê tudo certo para tua vizinha; deve ser horrível perder sua casa e bens, além do susto. Vi teu comentário lá no blog; então não sou só eu que estou sem tuas atualizações! Espero que consigas resolver isso. Uma coisa que há muito tempo deixou de funcionar no meu blog é o contador de comentários... A Tati uma vez esteve no site do fornecedor e ele estava, inclusive, sendo grosseiro com as pessoas que estavam reclamando, dizendo que não tinham direito de reclamar pois não pagavam nada, etc. Coisas da vida... Beijos para ti e tua turminha

Claudia disse...

Stela,
O Rock está uma graça, cada dia que passa ele conquista mais e mais toda a família!
bjs

Gisa,
Minha vizinha já conseguiu resolver as coisas mais urgentes, como encontrar outro apto e acionar o seguro.
O pior passou!

Pedi ajuda para várias pessoas, espero conseguir uma solução para a não atualização.
Obrigada.
bjs

Kelli Pedroso disse...

Bah... Que sufoco! Enquanto lia, fiquei imaginando o cheiro que deve ter impregnado nas tuas roupas.

Nati - Mãe Cão Mãe Gato disse...

Que bom que deu tudo certo e que está tudo bem... Agora vá dizer que não é muito bom ter muitos cães? Nos traz um bem estar e uma felicidade imensa estes bichinhos!!! Um abraço, Nati

Meri Pellens disse...

Que sufoco, hein? Sinceramente, morar em apartamento pra mim só se não tiver outro jeito.
Admiro como você morando em apartamento consegue manter 4 animais. Isso que é amor. Muito lindo e louvável.
Beijos na alma, querida.

Silvia disse...

Noooossa... acabei não deixando comentário neste post quando li, mas fiquei com isso na memória... e o incrível: na mesma noite, acordei de madrugada com a maior fumaça e cheiro de queimado dentro de casa. Fiquei em pânico, lembrando que não tenho caixinha para transportar meu trio!!! levantei e vi que a fumaça estava na rua toda... acho que alguém botou fogo aqui por perto (coisa estranha). Mas é muito importante pensarmos nisso, Cláudia! que bom que tudo acabou bem pra vocês...
beijão!