08/04/2010

Rio de Janeiro é uma cidade maravilhosa??
















O homem da foto foi resgatado com vida
Achei essa foto impressionante. 
Reflete bem a situação do carioca com toda essa tragédia.

Em todos os lugares: supermercado, academia, os vizinhos e empregados do prédio onde moro; nas ruas, com alunos e professores do curso que faço, enfim, por todos os lugares que circulei nesses dois últimos dias, o assunto é o mesmo: a chuva e suas consequências.

Minha filha estuda no bairro do Humaitá e a quadra coberta nos fundos da escola, próximo de uma encosta, ficou cheia de lama.
No caminho que faço até a academia, passo por umas 6 ruas e todas, sem exceção, estão cheias de areia e barro.
Ouvi relato de pessoas no ônibus, na fila do supermercado, na academia, de como conseguiram as duras penas chegar em casa.
A cobradora do ônibus disse ter chegado às três horas da manhã, quando normalmente às sete da noite já está em casa jantando.
Mesmo já cansados de ouvir isso, a única explicação é de que a natureza está nos devolvendo tudo o que fizemos com ela.
Como a lei da física, pra toda ação, há uma reação.
E em todas essas conversas, não conheci ninguém que tenha perdido alguém e mesmo assim já foi assustador passar por tudo isso.
Imagino quem perdeu algo ou alguém....
E o que dizer dessas pessoas que moram em área de risco. Que eles são os responsáveis por viverem ali?
Claro que não!.
Até bem pouco tempo atrás, mesmo quem teve acesso à educação jogava lixo na rua. 
Muitos ainda jogam!
O que dizer de pessoas que não tem o mínimo de saneamento básico? Que são culpados?

Elas só têm a opção de morar no morro e se arriscar quando chove muito, ou ir viver num local escolhido pelo governo, há duas horas e três conduções de distância do trabalho.

Confesso que fico irritada, por vezes, quando o patrulhamento é excessivo dos ditos "ecochatos"
Se a gente prestar a atenção, muito dos nosss hábitos são os responsáveis por todas as tragédias que acontecem hoje em dia no mundo.
Acho que existe um pouco de exagero e alarme da parte desses defensores do planeta e das pessoas mas concordo também que muito ainda precisamos fazer, ou quem sabe, deixar de fazer, para que possamos viver um pouco mais em paz e se possível sem tantas tragédias.



* a foto é de Jadson Marques veiculada nos jornais O Globo e Extra

5 comentários:

Felina disse...

a situação ai ta crítica mesmo menina, hoje essa chuva td q tava ai chegou em salvador, e te digo que as tragédias aqui vão ser iguais, despreparo total das autoridades, todo ano a mesma coisa, impressionante.
Agora, tu sonhar com um gueopardo é show, e eu que sonhei com o jusus luz? que ele me catava no meio de uma pista de dança, td apaixonado e a madonna aperecia e se jogava no chão, roxa de ciúmes, credo, eu nem gosto dele, horror total!bj!

claudia disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Gisa disse...

Eu já havia visto esta foto na globo.com e me causou grande impacto. Ainda bem que este homem, pelo menos, sobreviveu. Também não gosto de extremismos, mas que muitas situações decorrem diretamente das atitudes, ou "não atitudes" como bem colocaste, de cada um de nós é a mais pura verdade. Espero que as coisas melhorem logo por aí! Beijos mil

Claudia disse...

Hahahaha! Felina, muito interessante seu sonho. Tadinha da "Mandonna"...

No meu sonho, não tenho a menor ideia de onde tirei o Guepardo. Ele me seguia por todos os lugares, quem sabe é meu felino da guarda?

Espero que em Salvador a chuva chegue mansa.
bjs

noticiastoop.com disse...

meeu deus que medo o carinha da foto , mas eu acho que o governo deveria investir mais nas cidades de morros e talz , isso é muuito perigoso . ta certo que o povo nao tem dinheiro pra construir casas, mas pra que em morros ? sei la .. tuudo é muuito confuso (segui ?)